Centro de Estudos de História Religiosa
Pagina Inicial
Início | Voltar | Imprimir

Encontros Científicos

9 e 10 de fevereiro - Workshop Luso-brasileiro «A Igreja Católica em Portugal e no Atlântico Português (sécs. XVI-XVIII): uma historiografia em renovação?»

Workshop Luso-brasileiro «A Igreja Católica em Portugal e no Atlântico Português (sécs. XVI-XVIII): uma historiografia em renovação?» - Ver cartaz (PDF)

Data: 9 e 10 de fevereiro 2015 

Local: UCP Lisboa, Sala Brasil (1º piso Biblioteca)

 
Apresentação
Se Portugal não pode compreender a sua história sem conhecer a história da Igreja Católica, também a história da presença portuguesa no mundo e, no caso que nos interessa, no Atlântico português, não pode conhecer pleno desenvolvimento sem o progresso de estudos acerca da Igreja nesses territórios. Mas a História da Igreja no Atlântico português não é evidentemente "terra ignota". Sobretudo nas últimas décadas, a historiografia tem dedicado alguma atenção a esta área, o que permitiu que fosse possível ir para além de uma visão apologética, integrando a instituição e as vivências religiosas no quadro de uma história social, cultural, económica ou até política.
O Seminário de História Religiosa Moderna, sediado no CEHR, com a participação ativa de outras unidades de investigação, e que iniciará no próximo mês a sua oitava edição, tem constituído um espaço privilegiado para a apresentação de estudos recentes, bem como proporcionando estimulantes debates. Daqui têm resultado artigos publicadas em diversas revistas e, até, livros, como o relativo ao Concílio de Trento. Os diversos números da revista Lusitania Sacra espelham também a vitalidade dos estudos sobre a história religiosa da Época Moderna.
Consideramos, porém, que há ainda um longo caminho a percorrer, não só ao nível da prossecução e aprofundamento de temas e questões já levantados e conclusões já apresentadas, como também no que respeita ao desenvolvimento de uma história mais problematizante e comparativa. É à luz destes pressupostos que esperamos que decorra este workshop, juntando alguns investigadores brasileiros e portugueses, incluindo alunos de doutoramento, que têm realizado estudos capazes de justapor uma nova perplexidade ao entendimento actualmente existente desta temática. Não se tem a pretensão de esgotar todas as temáticas atualmente a ser estudadas, mas sobretudo proporcionar momentos de reflexão e discussão entre todos os participantes. 

PROGRAMA

           9 de FEVEREIRO
  • 9h30 - Abertura
    Paulo Fontes (Diretor do CEHR); Hugo Ribeiro da Silva e Jaime Ricardo Gouveia (org.)
  • 9h45 - Conferência inaugural: Glosas sobre o tema de um "workshop"
    José Pedro Paiva (FLUC; CHSC; CEHR)
  • 10h30 - Debate
    Pausa


    Painel 1 - Reflexões historiográficas
  • Moderador: Jaime Gouveia
    10h50 - Novos Temas para a Historiografia da Igreja na Amazónia Colonial
    Maria Adelina Amorim (CHUL; CHAM)
  • 11h10 - A Parenética em Portugal e no Brasil: vasta temática, poucos cultores?
    Isabel Drumond Braga (FLUL; CIDEHUS)
  • 11h30 - A questão missionária e o Atlântico português
    Saul António Gomes (FLUC; CHSC; CEHR)
  • 11h50 - Debate
    12h10 - Almoço


    Painel 2 - A Inquisição em Portugal e em África
    Moderador: Angelo Assis
  • 14h - Las concordias entre las dos Inquisiciones ibéricas: de la historiografía a la historia
    Ana Isabel López-Salazar Codes (Univ. Complutense de Madrid; CIDEHUS) 
  • 14h20 - Mitras, Cabidos e Inquisição: um olhar sobre as relações financeiras (séculos XVII e XVIII)
    Bruno Lopes (CIDEHUS)
  • 14h40 - A vigilância inquisitorial nos arquipélagos atlânticos e na costa  africana (1537-1579)
    Daniel Giebels (CHSC; CEHR)
  • 15h - A Igreja em Cabo Verde (sécs. XVI-XVII)
    Matilde Santos (CHAM; CHSC) 
  • 15h20 - Debate
    Pausa


    Painel 3 - A Inquisição no Brasil
    Moderador: Ana Isabel López-Salazar Codes
  • 16h20 - Intermitências da fé? O criptojudaísmo no Mundo português durante a Modernidade. Resistências, continuidades, perseguições e abrangências
    Angelo Assis (Univ. Federal de Viçosa)
  • 16h40 - Os mil braços de um polvo: as relações complementares e dissonantes entre a Justiça Eclesiástica e a Inquisição no Estado do Grão-Pará na segunda metade do século XVIII
    Yllan de Mattos (Univ. Estadual Paulista - Campus de Franca)
  • 17h- Distinção e devoção: as trajetórias de Familiares do Santo Ofício nos sertões de Minas Gerais Colonial
    Luiz Fernando Rodrigues Lopes (Univ. Federal de Ouro Preto)
  • 17h20 - Debate
    17h40 - Encerramento


    10 de FEVEREIRO

    Painel 4 - Vivências e práticas religiosas

    Moderador: Yllan de Mattos
  • 9h - Eremitas e Ermitães na América Portuguesa: práticas religiosas no período colonial
    Célia Maia Borges (Univ. Federal de Juiz de Fora)
  • 9h20 - Cristianismo suicida e o Deus da distância infinita: as raízes cristãs da descristianização
    António Ribeiro (CHSC; CEHR)
  • 9h40 - Debate
    Pausa


    Painel 5 - A Igreja em Reforma
    Moderador: Zulmira Santos
  • 10h - Cultura monástica e prática litúrgico-musical pós-tridentinas em Portugal: o caso de S. Bento de Cástris
    Antónia Fialho Conde (UE; CIDEHUS; CEHR; HERCULES)
  • 10h20 - As conturbadas relações entre as Mónicas e um antístite jacobeu: D. frei Inácio de Santa Teresa, arcebispo de Goa (1721-1740)
    Ana Ruas Alves (CEHR)
  • 10h40 - Uma igreja em reforma: zelo episcopal e obras realizadas na Sé de Salvador (século XVIII)
    Ediana Mendes (Univ. Federal Oeste da Bahia; Doutoranda FLUC)
  • 11h - Debate
    Pausa


    Painel 6 - Irmandades e clero paroquial
    Moderador: Hugo Ribeiro da Silva
  • 11h40 -"Fazer memória" como estratégia patrimonial - a credibilidade da Misericórdia do Porto (séculos XVI a meados de XX)
    Inês Amorim (FLUP; CITCEM; CEHR) 
  • 12h - O arquivo de uma irmandade de clérigos. Reconstruir as opções da vida de uma entidade a partir das prioridades da sua produção documental
    Ana Moreira (FLUP), Helena Osswald (FLUP; CITCEM; CEHR) e Patrícia Alves (FLUP)
  • 12h20 - O clero paroquial da diocese de Viseu nos séculos XVII e XVIII
    João Nunes (IPViseu)
  • 12h40 - Debate
  • 13h - Almoço


    Painel 7 - Evangelização e alteridade
    Moderador: Evergton Sales de Souza
  • 14h - Da menoridade do outro ao portar-se como meninos: primeiras reflexões quanto aos nativos nas cartas do Japão e do Brasil do ano de 1549
    Mariana Boscariol (CHAM)
  • 14h20 - "Da ignorância invencível dos índios": as sentenças dos processos inquisitoriais na América Portuguesa (séc. XVIII)
    Maria Leônia Chaves de Resende (Univ. Federal de S. João d'El Rei ; CHAM - FCSH/NOVA-UAc / Marie Curie International Incoming)
    14h40 - Da catequese à civilização: os jesuítas e o projeto indigenista pombalino (1750-1759)
    Fabrício Lyrio Santos (Univ. Federal do Recôncavo da Bahia)
  • 15h - Expulsão dos Jesuítas da Capitania de Pernambuco: Identidade inaciana e Estratégias pombalinas
    Roberto Barros Dias (Univ. Federal do Ceará; CEHR)
  • 15h20 - Debate
    Pausa

    Mesa Redonda - Novos problemas para um velho tema: a história da Igreja no Atlântico português
  • 16h - Evergton Sales de Souza (Univ. Federal da Bahia); Zulmira Santos (FLUP; CITCEM); António Camões Gouveia (FSCH-UNL; CHAM; CEHR)
  • 17h - Sessão de Encerramento: Os agentes locais do Santo Ofício no Império Atlântico: uma evolução padronizada da rede?
    Fernanda Olival (UE; CIDEHUS)
    Encerramento
 

Organizadores
Hugo Ribeiro da Silva (CEHR, CHAM) e Jaime Ricardo Gouveia (CHAM, CHSC).
 
INSCRIÇÕES
Inscrição através de envio de email para secretariado.cehr@ft.lisboa.ucp.pt com a indicação do nome, formação e pertença institucional. Aos participantes que o solicitarem será emitido certificado de presença com um custo de 5€.
 
Cartaz  pdf
 

Lista de Reprodução de vídeos Youtube  

   


Galeria de imagens

 



| Voltar |


Topo
Logotipo Acessibilidades

Centro de Estudos de História Religiosa
Tel.: (+351) 217 214 130
E-mail: cehr@ft.lisboa.ucp.pt
Web: www.cehr.ft.lisboa.ucp.pt

Universidade Católica Portuguesa > Lisboa > Porto > Braga > Viseu
Página Inicial